Dicas bem pr√°ticas para turbinar o seu LinkedIn

03/06/2019

Estou no LinkedIn há aproximadamente 9 anos, entrei ainda na época do Mestrado a partir de uma aula de um professor canadense. Utilizo o LinkedIn como uma plataforma para a geração de novos negócios, oportunidades, aprendizagem e relacionamento profissional.

Além disso, tive a oportunidade de ter aulas com um dos executivos do LinkedIn e nas últimas palestras que fiz, percebi que muitas pessoas ainda não sabem utilizar a plataforma, por isso resolvi compartilhar dicas bem práticas para que os interessados possam turbinar o LinkedIn e tirar o máximo proveito:

  • LinkedIn é uma rede profissional: você precisa se preocupar com a foto que utilizará e com os conteúdos que serão compartilhados, não pode ser uma foto qualquer ou qualquer conteúdo. Sempre recomendo que a foto seja feita por um fotógrafo e que transmita exatamente o seu “posicionamento” no mercado. Evite selfies ou fotos com familiares, pois essa é uma rede profissional. Perfis com fotos têm 21 vezes mais chances de serem visualizados.
  • Perfil ou LinkedIN Page: pessoas físicas devem investir no perfil, já empresas devem desenvolver uma Company Page (https://www.linkedin.com/help/linkedin/answer/4463/criacao-de-uma-linkedin-page?lang=pt). O legal do LinkedIN é que é uma ferramenta extremamente intuitiva, qualquer pessoa pode aprender a utilizar.
  • Planejamento: O LinkedIN é muito mais que um currículo, é um local que você pode aprender, ter acesso às pessoas que podem se tornar teus mentores, por isso, você não deve simplesmente transcrever seu currículo para a plataforma. O perfil deve estar 100% preenchido, para isso, sempre recomendo que seja feito um planejamento de como você quer se posicionar no mercado, ou seja, antes de sair preenchendo as informações, pense exatamente o que você quer mostrar para o mercado. Ao planejar, pense o seguinte: qual é o meu interesse/objetivo nessa rede? Quero conseguir uma nova oportunidade de trabalho? Recolocação profissional? Geração de negócios ou aprendizagem? Ultimamente eu utilizo a plataforma como uma forma de aprendizagem, adoro os vídeos da executiva Luiza Trajano, os artigos do Eduardo Shinyashiki, entre tantos outros que eu poderia citar, também aproveito para compartilhar conteúdos próprios e divulgar os serviços da minha empresa.
  • Informações indispensáveis no Perfil: é muito importante que você coloque qual é a sua localização (cidade), isso fará com que as pessoas possam te encontrar facilmente a partir da localização. O título deve resumir exatamente o que você faz, evite frases do tipo: em busca de recolocação, aproveite esse espaço para dizer algo que agregue e que de fato faça com que as pessoas encontrem você. Um bom título deve ser bem pensado e estar de acordo com os teus objetivos profissionais, eu optei por colocar Especialista em Desenvolvimento de Pessoas e Líderes, pois é isso que eu mais faço atualmente.
  • Como escrever o resumo? O resumo deve dizer porque qualquer pessoa se interessaria em se conectar com você, o legal é utilizar uma linguagem persuasiva, mostrar realmente os seus diferenciais. Sempre recomendo que você veja alguns perfis que foram top voices para se inspirar, principalmente quando você está buscando uma oportunidade de trabalho. O resumo é um espaço para você descrever como as pessoas devem te ver (POSICIONAMENTO) em até 2.000 caracteres.  Você pode escrever 3 versões, enviar para os amigos e pedir qual eles preferem. Sugestão para escrever o resumo: apresentação pessoal, abordagem sobre os interesses profissionais, definição da área de atuação, fatores que motivam e informações de contato. Procure utilizar palavras-chaves do seu interesse. Outro detalhe bem básico, se você tem um sobrenome difícil podes escrever como as pessoas pesquisariam o seu sobrenome nas últimas linhas do resumo, pois isso vai fazer com que o seu perfil seja facilmente localizado. 
  • Devo aceitar todas as pessoas que enviam convites? Não, veja se quem está convidando tem um perfil completo, se é uma pessoa que de fato existe, pois há profissionais especialistas em “roubo de dados”, e até mesmo tentativas de extorsão de dinheiro, por isso você deve verificar se realmente faz sentido se conectar com pessoas estranhas. Eu mesma já recebi convites de pessoas com poucas informações e que solicitavam dinheiro.
  • Tenha uma URL personalizada, isso pode lhe ajudar a ser encontrado e também é uma forma de você divulgar o seu perfil. Essa aba consta em Editar Perfil Público e URL. https://www.linkedin.com/help/linkedin/answer/3957/personalizacao-da-url-de-perfil-publico?lang=pt
  • Experiências Profissionais: procure apresentar as empresas onde você atuou ou atua, na descrição mencione resultados, claro sempre respeitando as políticas das empresas.
  • Recomendações: Solicite recomendações, mas procure escrever um texto solicitando, não envie o texto padrão do LinkedIN, preocupe-se em solicitar algo verdadeiro e para conexões que podem falar sobre o seu trabalho.
  • Competências: Na aba competências liste pelo menos 5 que você considera ter e deixe que as suas conexões te recomendem. Você não poderá se avaliar, apenas criar a lista, mas é interessante você escolher as competências que lhe representam.
  • Conquistas: compreendem certificações, patentes, cursos, projetos, reconhecimentos, idiomas. Coloque o que faz sentido de acordo com o seu objetivo profissional.
  • Vagas: você pode se candidatar e também pesquisar as vagas, mas para isso é importante que você deixe claro quais são os seus interesses de carreira.
  • Grupos no LinkedIN: permitem que você estabeleça networking com profissionais de vários lugares do mundo, que tenham interesses semelhantes aos teus. É importante interagir, compartilhar materiais interessantes e comentar sobre conteúdos compartilhados.
  • Publicações: O LinkedIN permite que você publique conteúdos de vários formatos (fotos, artigos, frases, vídeos etc). Para artigos há inclusive um recurso que se chama Pulse. Os artigos geralmente acabam ajudando o perfil a se destacar, sempre recomendo que você escreva sobre algo que você domine. Nas publicações você pode utilizar hashtags. A hashtag é muito importante para que o seu conteúdo seja facilmente localizado.
  • Configurações e privacidade: é muito importante que você entre em configurações e privacidade e selecione as opções que mais condizem com o seu objetivo no LinkedIN. Aqui você pode adicionar os e-mails que gostaria de ter associados ao nome da conta, optar e gerenciar sua assinatura no LinkedIN (com a versão gratuita é possível gerar muitas conexões, mas a Premium garante que você tenha acesso a mais informações).

Se você tiver alguma dúvida e pudermos lhe ajudar, conte conosco!

Artigo escrito por Flávia C. Bernardi

Dicas bem pr√°ticas para turbinar o seu LinkedIn

Quer receber novidades e dicas para sua empresa?